Blog

Quando e porque fazer integração com marketplaces

Por Caroline Maciel Executiva de Contas

Um local que reúne diversos produtos, marcas e consumidores.

Para entender com clareza este conceito, o marketplace funciona como um grande shopping virtual, onde é possível buscar um produto específico de forma rápida e eficaz, facilitada pela grande oferta de mercadorias e filtros inteligentes que levam você até o seu objeto de consumo. Essa tendência de marketing digital chegou ao Brasil após a ideia explodir nos Estados Unidos e na China, onde o fluxo de compras online é superior a qualquer outro país no mundo.

Vantagens como a estrutura do site, a facilidade de implementar e vender produtos, além do baixo custo de manutenção e alta procura do público atraiu empreendedores de diversos segmentos a reunir suas mercadorias em um mesmo canal de distribuição.

No Brasil, o marketplace está em expansão, seguindo a tendência de outros grandes mercados mundiais do comércio eletrônico, como os citados acima. Para os empreendedores, o marketplace é uma grande oportunidade para expandir suas vendas na web, já que o local concentra geralmente o maior números de acessos dos internautas.

Segundo dados divulgados pelo portal Diário, Comércio, Indústria e Serviços, o marketplace é considerado como um dos três fatores que mais impulsionam o e-commerce no Brasil. O próprio comportamento do consumidor brasileiro, um dos mais interessados em todo o mundo se tratando de mundo digital, opta pelo marketplace como melhor opção para compras, devido a facilidade, variedade e agilidade.

O fato dos marketplace muitas vezes se confundirem com os shoppings centers é corrente. Entre as semelhanças que vão muito além do grande número de pessoas que acessam e compram pelo portal, estão também os investimentos em marketing, o esforço em gerar mais tráfego, além do apelo varejista e exposição das marcas.
Com um futuro promissor e otimista, o comércio eletrônico promete expandir-se ainda mais nos próximos anos. Segundos dados do E-Market, em 2019 serão mais de 50 milhões de e-consumidores no país sendo em sua maioria, consumidores em marketplaces, uma boa chance e uma grande oportunidade para quem está pensando em abrir seu negócio no ambiente digital.

No votes yet.
Please wait...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *