Blog

Finanças do seu e-commerce: saiba como organizá-las

Por Equipe Digital Hub
finanças do seu e-commerce
Fonte: reprodução.

O e-commerce se tornou uma grande oportunidade para quem tem o desejo de abrir o seu próprio negócio, isso graças a facilidade que o e-commerce possui, como por exemplo, o fato de abrir o e-commerce ser muito mais barato que uma loja física. Porém, após a abertura das suas lojas, muitos lojistas acabam se embolando com as finanças do seu e-commerce e muitos deles acabam até fechando as portas das suas lojas virtuais. Controlar as finanças do seu e-commerce pode ser um tanto complicado para quem está iniciando no ramo, e pensando nisso foi que decidimos fazer este artigo para te ajudar. Acompanhe a seguir alguns passos para organizar as finanças do seu e-commerce!

 

1 # Organize-se

 

Organização é a base de qualquer empresa de sucesso. Afinal sem organização, como as coisas irão fluir dentro da sua loja virtual? E quando falamos sobre finanças, o assunto fica ainda mais importante. Como em qualquer negócio, seja ele online ou não, todos os documentos devem estar sempre acessíveis e devem ser de fácil compreensão.

Uma dica que podemos te dar e que vai te ajudar a organizar as finanças do seu e-commerce, é que você utilize ferramentas auxiliares, como por exemplo, aplicativos, planilhas e pastas, e organize todos os documentos de forma que possa facilitar o seu dia a dia.

2 # Lucratividade

 

Abrir uma loja virtual vai além do sonho de se tornar empreendedor. Para ter o seu próprio negócio, você precisa estar ciente de que existe toda uma complexidade por trás desse processo e imprevistos podem ocorrer e você precisa estar preparado para lidar com isto. Principalmente no setor financeiro, onde um erro grave pode prejudicar e muito a sua loja virtual.

Por este motivo, é muito importante ficar atento às finanças do seu e-commerce e analisar a lucratividade do seu negócio. Apure todos os números da sua loja virtual e verifique qual o orçamento disponível para investimentos e faça o cálculo de quanto tempo levará para você receber um retorno capital destes investimentos. Se estes investimentos estiverem trazendo um retorno positivo, continue, caso contrário, pare imediatamente com estas ações e mude de estratégia.

3 # Metas

 

A internet está cheia de distrações que podem tirar a sua atenção na hora de focar no trabalho, ainda mais quando você mesmo é o seu chefe e se você já assume que é uma pessoa que tem dificuldade em manter o foco em suas atividades, recomendamos que você comece a criar metas. Metas pessoais e diárias, desta forma você conseguirá se controlar mais em relação às inúmeras distrações que existem na internet. Aleḿ de metas mais técnicas, que envolvem toda a equipe da sua loja virtual e ainda gera motivação nos funcionários.

# 4 Seu próprio salário

 

Um dos piores erros que um empresário pode cometer é misturar as contas da sua loja virtual com as contas pessoais. É imprescindível separar todos os gastos e os custos de cada um dos lados. Determine um salário realista para você, dentro do que a sua loja virtual pode oferecer e obedeça o que foi estipulado. Agindo desta maneira, ficará muito mais fácil de se organizar e entender onde aquele dinheiro que sobrou pode ser investido da maneira correta.

# 5 Gastos

 

Em todo empreendimento, seja ele no comércio tradicional ou no e-commerce, existem gastos fixos e variáveis. Podemos chamar de gastos fixos aqueles em que precisamos pagar todo mês, como mensalidades ou boletos (conta de energia, telefone, água, internet etc). E os gastos variáveis são aqueles que podem ser mutáveis (como o próprio nome já diz) e podem variar dependendo do mês, como por exemplo, gastos com fornecedores de épocas sazonais e outras ações específicas, entre outros.

Apesar das diferenças, ambos os gastos devem entrar no planejamento e serem calculados em todos os meses, todo este cuidado será essencial para o desenvolvimento da sua loja virtual. Todo o fluxo e movimentação de caixa, e os diagnósticos financeiros devem ser frequentemente supervisionados, é mais que um dever a ser cumprido, é fundamental para a saúde das finanças do seu e-commerce.

No votes yet.
Please wait...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *